A Ciência da Longevidade por William Câmara


No mês de novembro de 2005, a revista National Geografic Brasil publicou como capa uma reportagem de 30 páginas. Intitulada “A ciência da longevidade, como viver muito – e bem”.

Segundo a reportagem existem hábitos comuns que proporcionam a determinadas comunidades até 10 anos de vida a mais! Três comunidades se destacam como as mais longevas do planeta. Ilha de Okinawa no Japão, cidade de Loma Lina na Califórnia e comunidades no mediterrâneo.

Alguns desses hábitos são: a alimentação saudável (sem carnes e rica em vegetais, cereais e frutas), não ingestão de álcool ou fumo, vida muito ativa (através de exercícios moderados), o cultivo dos amigos, a vida perto de pessoas queridas, alimentação frugal, além de ter objetivos na vida e festejá-la!

Curiosamente, o Método DeRose de desenvolvimento pessoal cultiva e ensina, dentre muitas técnicas e conceitos, muitos dos hábitos identificados na reportagem descrita acima e propicia condições potenciais para uma vida mais longeva.

O Nosso Método ensina como respirar melhor, como relaxar, como concentrar-se e cultivar a qualidade de vida através de técnicas corporais belíssimas, fortes, porém que respeitam o ritmo biológico do praticante. Ensina ainda a alimentação biológica (sem carnes, álcool e fumo), cultiva a amizade sincera e a alegria de viver.

Quanto vale 10 anos a mais em sua vida?

Gustavo Oliveira www.metododerosevilamariana.com.br



Siga-nos

Instagram




Sobre

Estamos há 50 anos no mercado de alta performance, qualidade de vida, autoconhecimento, alongamento muscular, consciência corporal, combate ao stress, meditação, exercícios respiratórios e alimentação biológica.